Quem somos

Brasil Local: Economia Solidária e Economia Feminista.

A Guayí em convênio com o Ministério do Trabalho, por intermédio da Senaes – Secretaria Nacional de Economia Solidária, estabelece parceria para a execução do projeto Brasil Local Economia Solidária e Economia Feminista, tendo como objetivo a promoção de desenvolvimento local e da economia solidária, por meio da atuação de agentes de  desenvolvimento solidário, produzindo debate, articulação e mobilização visando a construção da economia solidária como economia feminista, com formulação de proposições para qualificação da política pública neste sentido, através de um processo nacional, partindo do acúmulo de empreendimentos femininos, buscando o envolvimento dos segmentos diversos que se relacionam com esta construção.

Anúncios

Projeto Brasil Local Feminista

O Projeto Brasil Local Economia Solidária e Economia Feminista é desenvolvido pela Guayí em oito estados (Pará, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Sul) e no Distrito Federal, com a proposta de promover um processo nacional de debate acerca da economia solidária a partir da experiência das mulheres e da crítica feminista à economia capitalista.

O objetivo desta ampla reflexão é contribuir com propostas e ações que qualifiquem a política pública de economia solidária, tornando-a um instrumento mais efetivo de inclusão, cidadania e de democratização da sociedade.

Além da equipe nacional, o Projeto é constituído por 31 Agentes de Desenvolvimento Solidário.